Partes de mim - Amazon
Facebook Google+ Twitter Youtube

Escolha sua poesia

Desejo|Mágica|Toque(D)|(Sem) Destino|Adeus|Alfazema|Amanhã|Amiga|Angustiante|Assassínio|Assim|Beleza e dor|Benditas Mulheres|Boa noite|Breve|Breve história de uma vida|De amor, descanso|Decisão|Despedida|Despercebido|Desvario|Débora|Em parte|Encontro (a imagem)|Enganar-se|Expleo explevi expletum|Fim|Fuga|Humildade|Iguais|Incerteza|Inexistir|Inspiração|Instante|M'Ausência|Mal de amor|Marcas|Minhas mulheres|Nova amizade|O que me resta?|O que será?|O revés de um beijo|Oceano|Ontem|Oração de amor|Para sempre|Passado presente|Passagem|Pequena|Poema das ondas|Poema do deixar de ser|Por um instante|Quando eu me for|Reencontro|Separação|Ser|Sereias|Seu(D)|Sinfonia|Socorro|Sonho a dois|Sou|Te|Tela|Tempo|Transição|Tristeza na noite|Visão do mar|Você|Zen|

Nova amizade

Se for compartilhar, ressalte o nome do autor: Alexandre Tavares Sergio

É... Me peguei a ouvir o silêncio...
Sabe o que ele me dizia ?
Me falava da solidão que se apoderou de cada espaço deste quarto...
Ouvi-a dizer que qualquer sofrimento é melhor que ficar sem você...
Dito isto, se foi e ficamos sós, eu e o silêncio...
Este se sentou a minha frente
E ali ficou contemplando-me com sua face calma...
Lágrimas cairiam de meus olhos se ele não as contivesse...
Ouvi-o dizer que chorar é inútil,
Chorar é inútil pois o tempo passou
E com ele a chance voou para longe de minhas mãos...
Dito isto, se ergueu e me deixou...
E fiquei ali sentado tentando ouvir a voz de meu coração...
Ouvi-o dizer que não sofria pois o sofrer é inútil,
Sofrer é inútil pois o tempo passou
E com ele as esperanças se foram...
Dito isto, meu coração calou...
Sem a solidão, o silêncio...
Tentei ouvir a voz das lembranças...
Percebi que todas falavam ao mesmo tempo e tantas eram...
Ouvi-as dizer que eram presença,
E presentes estariam sempre a meu lado...
Dito isto, não se calaram, nem se foram...
E ali era eu quieto...
Procurei ouvir a voz de meus sentimentos
E descobri que estes não estavam mais ali...
Alegria, dor, carinho...
Nada disseram, todos se foram simplesmente...
Fechei meus olhos e olhei dentro de mim...
Escondida por trás de meu coração encontrei-a, então...
E se fez presença em meu quarto...
Era a ternura em seu corpinho reluzente...
Ouvi-a dizer que eu não era só,
Eu não era só pois o tempo passou
E com ele a tristeza também se foi...
Sem a solidão, o silêncio, a tristeza...
Ali era eu realmente...
Um homem sem dor...
Renascendo com uma nova amizade...