Partes de mim - Amazon
Facebook Google+ Twitter Youtube

Escolha sua poesia

Desejo|Mágica|Toque(D)|(Sem) Destino|Adeus|Alfazema|Amanhã|Amiga|Angustiante|Assassínio|Assim|Beleza e dor|Benditas Mulheres|Boa noite|Breve|Breve história de uma vida|De amor, descanso|Decisão|Despedida|Despercebido|Desvario|Débora|Em parte|Encontro (a imagem)|Enganar-se|Expleo explevi expletum|Fim|Fuga|Humildade|Iguais|Incerteza|Inexistir|Inspiração|Instante|M'Ausência|Mal de amor|Marcas|Minhas mulheres|Nova amizade|O que me resta?|O que será?|O revés de um beijo|Oceano|Ontem|Oração de amor|Para sempre|Passado presente|Passagem|Pequena|Poema das ondas|Poema do deixar de ser|Por um instante|Quando eu me for|Reencontro|Separação|Ser|Sereias|Seu(D)|Sinfonia|Socorro|Sonho a dois|Sou|Te|Tela|Tempo|Transição|Tristeza na noite|Visão do mar|Você|Zen|

Angustiante

Se for compartilhar, ressalte o nome do autor: Alexandre Tavares Sergio

Quisera eu erguer a voz acima da montanha
Das águas que se estendem ao longe
Formando um horizonte em movimento
Constantemente andante em pontos brancos...
E aspiraria o ar, sorveria vida
E meu corpo se enrijeceria
Transformando-se em estátua de mármore
Lisa, e forte, e imponente, e alva...
A chuva caindo ao longe
Banharia aquele azul monótono
Até o chegar da tarde fria...
Morreria o dia em ilusória paz...
Expeliria a ira armazenada em mim há tempos
No grito forte que ecoaria além dos dias
Rompendo as noites em sonhos,
Em sombras desaparecendo calmamente...
Esqueceria as vozes das imagens que me atormentam
E seria imortal por um instante...
Meus olhos, mergulhados no mar insistente e imenso,
Não mais represariam as lágrimas
E estas transbordariam livres...
E ali parado, imóvel, ficaria
A olhar o tempo ouvindo o silêncio de minha alma...
E deixaria que se cumprisse meu destino
Sem saber ao certo o que viria após a dor
De um suspiro último
Exalado num pôr de sol vazio...