Partes de mim - Amazon
Facebook Google+ Twitter Youtube

Escolha sua poesia

Desejo|Mágica|Toque(D)|(Sem) Destino|Adeus|Alfazema|Amanhã|Amiga|Angustiante|Assassínio|Assim|Beleza e dor|Benditas Mulheres|Boa noite|Breve|Breve história de uma vida|De amor, descanso|Decisão|Despedida|Despercebido|Desvario|Débora|Em parte|Encontro (a imagem)|Enganar-se|Expleo explevi expletum|Fim|Fuga|Humildade|Iguais|Incerteza|Inexistir|Inspiração|Instante|M'Ausência|Mal de amor|Marcas|Minhas mulheres|Nova amizade|O que me resta?|O que será?|O revés de um beijo|Oceano|Ontem|Oração de amor|Para sempre|Passado presente|Passagem|Pequena|Poema das ondas|Poema do deixar de ser|Por um instante|Quando eu me for|Reencontro|Separação|Ser|Sereias|Seu(D)|Sinfonia|Socorro|Sonho a dois|Sou|Te|Tela|Tempo|Transição|Tristeza na noite|Visão do mar|Você|Zen|

Amanhã

Se for compartilhar, ressalte o nome do autor: Alexandre Tavares Sergio

A porta se abriu,
O vazio deixou seu lugar
Encontrando o exterior sombrio.
A janela bateu,
O ar gelado encolheu os sonhos,
Destruiu o eu
Deixando o amanhã perdido.
Quem espera o futuro
Se deixa levar a esmo.
Olha para trás
Somente,
Desiste da existência
Inerte, presente,
Insistente.
Percebe o fim
Do dia, da vida.
Deixa fluir a emoção
Última,
Suspiro breve
Único aviso
Que o som abafado,
Sentido
Chegou efêmero e se foi.
Morre.
Expira.
Desaparece.
Atrás, distante,
Ausência de tudo.
A porta se fechou.